Por Hélmiton Prateado

A Prefeitura de Goiânia entregou nesta sexta-feira (17/07) a revitalização da Praça Comendador Germano Roriz, conhecida como Praça do Cruzeiro. Devido à pandemia do coronavírus, a solenidade foi preparada com protocolos e restrição de espaços para conter os riscos de contágio.
Presente na solenidade, o prefeito Iris Rezende lembra da construção do paisagismo da cidade. “Indiscutivelmente, Goiânia tem seus pontos estratégicos que relembram o esforço de uma geração. Nossos antepassados estão a merecer o nosso respeito e veneração. Goiânia, esse monumento que impressiona a todas as pessoas que aqui chegam, também é cidade que se realiza a cada dia, correspondendo às expectativas da população, que já se aproxima de 1,7 milhão de habitantes”, diz.
“Nós começamos esse projeto na Praça da Estação Ferroviária, recuperamos o prédio histórico, estamos terminando lá uma praça que também vai ser referência para a população e para nossos futuros visitantes. A nossa preocupação é restaurar aquilo que é histórico em Goiânia e fazer da cidade a cidade que dignifique a sua população”, completa.
A reforma da Praça do Cruzeiro foi comandada pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) dentro do projeto ReViva Goiânia e integra uma série de iniciativas de resgate do patrimônio histórico da capital que teve início com a revitalização da Rua do Lazer e já passou pela Estação Ferroviária e pelo Coreto da Praça Cívica.
“O projeto nasce do ReViva Goiânia que foi constituída no início da gestão que contemplaria nesse processo a requalificação do Centro e Setor Sul. Nesse quesito, a Praça do Cruzeiro era essencial nesse projeto e escolhemos pela importância desse espaço e que ele voltasse a ser da população”, discursou a secretária da Seplanh, Zilma Campos Peixoto.
A revitalização foi pensada para que o local volte a ser um espaço de convivência da comunidade, com instalação de parque infantil e estação de ginástica. A antiga fonte luminosa passou a ser um espelho d´água, que valorizou o Cruzeiro que simboliza a praça.
Além disso, o espaço também passou por grande reestruturação paisagística e recebeu da Comurg um ajardinamento mais moderno, com árvores nativas, palmeiras, gramado e plantas resistentes e coloridas.
Para facilitar o acesso da população, foram implantadas duas lombofaixas que provocam a redução da velocidade dos veículos que transitam no entorno da praça.
Planejada na década de 40, a Praça do Cruzeiro é símbolo do Setor Sul e abrange as ruas 84, 86, 87, 88, 89 e 90 e dá acesso aos setores Central, Oeste, Marista, Jardim Goiás, Pedro Ludovico, Bueno e Leste Universitário.
A praça é tombada pelo patrimônio histórico do município, considerada como essencial para as futuras gerações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here