Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

Responsável pelo resgate e atendimento pré-hospitalar no município, o Samu Goiânia se tornou também peça-chave no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O serviço disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) viu os chamados de transferência inter-hospitalar saltarem de 300 para uma média de 436 nos últimos três meses. Para atender às solicitações diárias e garantir assistência aos pacientes com covid-19 que precisam ser encaminhados para os hospitais de campanha, a SMS iniciou um processo para contratar temporariamente profissionais de saúde e promoveu uma série de capacitações.
Além disso, segundo o diretor geral do Samu Goiânia, André Braga, o município disponibilizou aos 361 servidores que atuam no serviço novos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) exigidos pela autoridades sanitárias. “Temos 17 equipes, divididas entre suporte avançado e básico, trabalhando 24 horas por dia para atender com segurança a população de Goiânia. Neste momento de pandemia, as demandas aumentaram significamente, mas estamos dando respostas a todas as solicitações”, afirma.
Conforme explica o gestor, somente nas três primeiras semanas de julho o Samu realizou 505 transferências de pacientes de uma unidade para outra. Em janeiro, antes da disseminação do novo coronavírus na capital, foram 314 atendimentos do tipo. “Além de realizar registrar um aumento na transferência inter-hospitalar de pacientes com covid-19, seguimos atendendo ocorrências diversas de salvamento, monitorando a situação epidemiológica do coronavírus e reforçando o atendimento”, pontua André Braga.
Até a próxima semana, 25 novos profissionais com capacitação em urgência e atendimento pré-hospitalar devem integrar o quadro do Samu na capital. “Goiânia é o primeiro município do Estado a abrir um processo para a contratação de profissionais temporários. O objetivo é ampliar o atendimento e oferecer condições para que os servidores continuem trabalhando de forma incansável para salvar vidas”, finaliza o diretor.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here