Alunos do Itego Labiba Fayad têm aulas gratuita de instrumentos, artes cênicas, balé e outras modalidades. Experiência é citada como sucesso

Por Hélmiton Prateado

O Itego (Instituto Tecnológico do Estado de Goiás) em Artes Labiba Fayad promoveu uma mudança substancial no ensino de artes e cultura em Catalão. A gestão por uma Organização Social ampliou o acesso para a população de Catalão, permitindo rapidez e facilidade no ensino de produção cultural e design, com ênfase para música, dança, teatro e artes, além disso a unidade tem um Arranjo Produtivo Local (APL) de Confecção para promover a inclusão da mão de obra formada.
Através de cursos públicos e gratuitos a população pode frequentar aulas de instrumentos em geral, visando integrar a orquestra jovem da cidade e outras formações específicas como balé clássico, bordado a mão, crochê e tapeçaria, fotografia digital e outros.
Gerido pela OS Instituto Reger o Itego compõe uma seleta frente de serviços sob o comando de terceiros que deu certo. “Atendemos centenas de jovens e inovamos em todos os quesitos para cumprir as metas estabelecidas pelo Governo”, informa a direção.
Os cursos disponibilizados podem ser conhecidos e acessados no site do Itego Labiba Fayad, http://itego.com.br/labibefaiad/. A unidade funciona na Rua Dona Josefina, 11, Bairro Nossa Senhora de Fátima, em Catalão.
Labiba Fayad nasceu em Catalão em 1º de outubro de 1922 e era filha do casal Nasr Faiad e Nagiba Mattar Faiad. Seus pais emigraram para o Brasil em 1919, vindos de Kafaraca, no Líbano. Em Catalão, Labibe iniciou seus estudos no Colégio Nossa Senhora Mãe de Deus, onde também aprendeu datilografia, piano, violino, economia doméstica e trabalhos manuais. De Catalão transferiu-se para São Paulo, ingressando na escola Mackenzie e aí concluindo os cursos de contabilidade e de taquigrafia.
De volta a Catalão, assumiu a direção do negócio dos pais, que abrangia comércio em geral, máquina de beneficiar arroz e a empresa de força e luz Alfredo Faiad e Irmãos. À noite, Labibe ministrava aulas, tendo sido professora, por muitos anos, na Escola Técnica de Comércio e no Colégio São Bernardino de Siena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here