Compartilhar

Em homenagem ao dia Mundial do Artesão, comemorado no dia 19 de março, quatros artesãos foram convidados para participar da Exposição de Artesanato que será realizada do dia 20 a 24 de março na sede da Prefeitura de Aparecida de Goiânia. A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com a Superintendência de Turismo e Relações Internacionais.

“Queremos incentivar não só o artesanato, mas a dança, a pintura, a música e todos as manifestações culturais do nosso município e essa exposição será uma importante oportunidade de apresentar o trabalho destes artistas para os moradores de Aparecida”, destacou Gustavo Mendanha.

De acordo com o superintendente de Turismo e Relações Internacionais, Guido Marco, os artistas figuram entre os principais de Goiás. “Aparecida é a única cidade goiana a ter quatro artistas entre 150 mais importantes do Estado. Por isso essa exposição é de extrema importância”, avaliou o superintendente.

Dentre os artistas, estão os Artesãos: Valmir Neves, com as esculturas Miguel Arcanjo, Nossa Senhora da Conceiçao, Mãe e São Francisco, Carlos Antonio com as peças: Costureira, Casinhas anos Dourados, Geraldinho Nogueira, Casinhas Idoso e Fiandeiras de Goiás, Carmelito com esculturas animais bovinos e Maicon Soares, com as peças de metal reciclado: Cabeça de Cavalo, Dom Quixote, Anjo Acorrentado e Luminária Mechanical Gear.

Carlos Antônio da Silva é artesão há 17 anos e a matéria prima principal das suas esculturas é argila. O estilo artístico do artesão é a arte figurativa que buscam representar temas sertanejos e cenas urbanas. Para ele, o espaço que a exposição vai dar para expor seu trabalho é muito importante para fomentar a cultura na cidade. “Uma exposição como esta nos enche de esperança porque estamos sempre buscando a divulgação e o reconhecimento do nosso trabalho na cidade”, ressaltou o artesão.

O artista plástico Maicon Soares do Estúdio Aramados, que trabalha há apenas dois anos com escultura de metal, revelou a importância de trabalhar com materiais recicláveis. “Existem pessoas que reciclam e acabando gerando mais sucata, objetos sem valor que retornarão, em pouco tempo, ao lixo, e nós transformamos materiais recicláveis em arte que pode passar de geração para geração”, afirmou.

DIA DO ARTESÃO- Os artesãos comemoram sua data no dia de São José, padroeiro da categoria. A Bíblia usa a palavra tekton, que quer dizer “aquele que trabalha com as mãos”, para descrever a atividade do pai de Jesus Cristo, e que ele ensinou ao filho. De acordo com a tradição cristã, eles eram marceneiros. Naquela época, praticava-se o ofício de maneira artesanal, por isso a escolha do seu nome para proteger os que exercem essa profissão.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here