Servidores da Prefeitura de Anápolis fizeram cadastramento de famílias carentes para continuidade de programas sociais

Por Hélmiton Prateado

A Prefeitura de Anápolis, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda promoveu ações de inclusão social e assistência às famílias carentes na Região Sul da cidade, com foco no Bairro Novo Paraíso. Funcionários da secretaria cadastraram famílias em programas sociais e no Cadastro Único (CadÚnico). Esse programa é a porta de entrada para benefícios sociais como Bolsa Família e Tarifa Social de Energia Elétrica.

Quase 150 pessoas foram atendidas, destas, cerca de 100 se inscreveram no CadÚnico. Esse credenciamento proporciona acesso aos programas como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Benefício de Prestação Continuada, Minha Casa Minha Vida, Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras), além, é claro, do Bolsa Família.
Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, Rodolfo Valentini, o CadÚnico também dá acesso a outros programas como o Cidadão do Futuro e Bombeiro Mirim. “A Prefeitura tem um único objetivo: chegar mais perto das pessoas, levamos os serviços que a gente tem. O conceito é levar uma melhor qualidade de vida à população”, disse.

Essa ação é uma busca ativa de pessoas que necessitam de apoio do poder público. E o trabalho dá resultado. Prova disso é a dona Maria das Graças do Carmo Silva que mora num barraco com o filho e a neta de oito anos. A dona de casa não tem renda e só de energia paga em torno de R$ 200, por isso, aproveitou para se inscrever no CadÚnico. “Se eu já conseguir o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica já ficarei feliz. Hoje tá tudo tão difícil. Não passo fome, mas tenho uma vida sofrida”, finaliza.
O futuro é visto como promissor pelo jovem Wellington Silvino, de 17 anos. Ele é ex-Cidadão do Futuro, um programa da Prefeitura e quer vencer as dificuldades. “Aprendi muito no programa. Aprendi a me comportar num ambiente de trabalho e percebi que só conseguiremos vencer na vida se a gente estudar. Então através do programa Qualificar quero fazer Inglês e logo estarei numa faculdade. Quero dar uma oportunidade diferente pra minha família”, conclui Wellington.

Crianças do Bairro Novo Paraíso e adjacências receberam atenção especial com brinquedos, pipoca e jogos

As crianças aproveitaram para brincar muito no pula-pula, xadrez gigante, pescaria, e se esbaldaram com pipoca e algodão doce. “Eu participo do Serviço de Convivência aqui do bairro, brinco e aprendo. Mas hoje tá sendo muito legal, brinquei na pescaria e pula-pula. Agora tô no tabuleiro de xadrez. Olha o tanto que é legal!”, disse sorridente, Maykon Douglas dos Santos, de 10 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here