Compartilhar

Com apenas 1 mês e 18 dias de vida o pequeno Emanuel Soares Borges já tem história de superação para contar, ele venceu a Covid-19 e recebeu alta nessa terça-feira, 13, do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP).
A mãe de Emanuel, a jovem Eliane soares, de 25 anos, conta que com 18 dias de vida o bebê teve febre. “No dia 15 de março ele apresentou febre e o levei para o Hospital. O médico disse que ele estava com quadro de bronquiolite, ele passou por exames e estava tudo certo. No dia 17 de fevereiro o Emanuel teve a primeira consulta com o pediatra, e ele ainda estava com sintomas de gripe. No dia 26, ele piorou e fomos para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) lá ele foi encaminhado para o HMAP”, disse.
A médica Luana Kratka, coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do HMAP, revela que o Emanuel chegou à unidade no dia 28 de março com quadro de congestação nasal, recusa de mamada e desconforto respiratório incialmente leve. “Ele foi admitido pela equipe da enfermaria, mas em menos de 12 horas teve uma evolução para insuficiência respiratória grave e foi levado para UTI”, explica a pediatra.
A médica ressalta que o bebê precisou ser intubado. “Quando ele chegou à UTI precisamos intubar de imediato. Foi realizado um exame de metodologia RT-PCR e foi constatada a Covid-19. O Emanuel evolui de forma favorável e foi extubado após 11 dias. Ele ficou sobre os cuidados da UTI por quase duas semanas e recebeu alta pra enfermaria clinicamente bem, alimentando em seio materno, com exames laboratoriais melhores, e sem sequelas”, afirma.
“Foi um caso extremamente gratificante. Gostaria de parabenizar tanto a equipe médica assistencial quanto a multidisciplinar. Emanuel foi o paciente mais novo que admitimos com Covid-19 e conseguimos essa grande vitória. O sentimento é de muita gratidão, felicidade e agradecimento a todos os participantes dessa vitória”, relata a médica.
A mãe de Emanuel afirma que quando chegou ao HMAP o atendimento foi ótimo. “A Dra. Luana e a equipe agiram antes do pior acontecer. Agradeço a Deus por ter aberto essa porta e nos ter colocado no HMAP. A gente se sentiu amado, eles souberam agir com amor e carinho. Agradeço pelo meu filho ter sido tratado por pessoas que têm o dom da medicina e do amor. Gratidão ao Senhor, hoje estou feliz levando meu milagre para casa”, declara Eliane.
Antes de deixar o HMAP, o pequeno Emanuel passou pelo corredor da vida com aplausos da equipe de saúde que o atendeu e recebeu o carinho de todos do hospital no jardim da unidade.
O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) é referência no tratamento da Covid-19 em Goiás. A unidade possui 249 leitos hospitalares exclusivos para tratamento do novo coronavírus. São 160 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) que estão dispostos em salas que atendem protocolos de isolamento. 89 leitos de enfermaria com pontos de oxigênio, se localizam em uma ala isolada das demais.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here