O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, ao completar cem dias de mandato, nesta segunda-feira (10), realizou uma maratona de reuniões em Brasília (DF), buscando recursos federais para aplicação em habitação e infraestrutura da cidade. Acompanhado dos secretários Ozair José (Desenvolvimento Econômico) e Valéria Pettersen (Projetos e Captação de Recursos), Gustavo afirma que “no que diz respeito à estas áreas, muitos projetos se concretizarão nas próximas semanas”.

No Ministério das Cidades, onde foi recebido ainda na manhã desta segunda-feira pelo ministro Bruno Araújo, a construção de novas unidades habitacionais em Aparecida de Goiânia com recursos do governo federal foi o ponto central da audiência. Os projetos apresentados pela prefeitura prevêem a construção de mil casas e de 980 apartamentos por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e de outras 1.020 casas por meio do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS), ambos vinculados à Caixa Econômica Federal (CEF).

Gustavo Mendanha com o Ministro das Cidades, Bruno Araújo

No organograma da Prefeitura de Aparecida, a habitação fica sob alçada de uma secretaria-executiva, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, cujo titular é Ozair José. Importante destacar que outro programa do governo federal, o “Minha Casa, Minha Vida”, já é executado na cidade: a construção de 832 apartamentos populares segue em ritmo acelerado no Jardim Buriti Sereno.

“Também não deixamos escapar a oportunidade de reivindicarmos a liberação de ‘Cartões Reforma’”, explica a secretária Valéria Pettersen, mencionando a iniciativa recém criada pelo governo federal – foi anunciada no dia 9 de novembro do ano passado – que libera subsídios de R$ 5 mil para famílias – com renda mensal de até três salários mínimos – que querem melhorar a estrutura do local onde vive.

“Por fim, pleiteamos recursos para pavimentação asfáltica”, acrescentou o prefeito. “E fomos informados de que durante o Encontro da Frente Nacional dos Prefeitos, no final deste mês, o governo federal fará o lançamento oficial de um programa que utilizará recursos do FGTS para contemplar os municípios que têm este tipo de demanda. O ministro Bruno Araújo garantiu que Aparecida será incluída neste programa”, detalhou Gustavo Mendanha.

Infraestrutura hídrica
No Ministério da Integração Nacional, Gustavo já se reuniu, em outras datas, com o titular da Pasta, Helder Barbalho. Desta vez, porém, o encontro de trabalho foi com o secretário de Infraestrutura Hídrica, Antônio de Pádua de Deus Andrade. O prefeito quer que o ministério, com base em projetos bem elaborados pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia, acelere a liberação de verbas para reparos e reconstrução de pontes em vias urbanas que sofreram desgastes com as fortes chuvas.

Foi o próprio prefeito que entregou, nas mãos do secretário, os projetos e toda a documentação que haviam sido solicitados para liberar recursos da ordem de R$ 30,1 milhões que contemplarão o setor Cândido de Queiroz, Jardim Luz, Jardim Mont Serrat e bairro Retiro do Bosque, entre outros. No dia 19, quarta-feira da semana que vem, servidores do ministério estarão em Aparecida para visitas de trabalho.

Redes sociais
Em frente ao Ministério da Integração Nacional, Gustavo falou ao vivo, por meio de sua página no Facebook, com internautas. Lembrou que completa nesta segunda-feira 100 dias de governo (a data é comumente lembrada no cenário político durante o primeiro ano de gestão dos governantes).

“Temos lutado por dias melhores para a nossa gente. Muito foi feito até aqui e temos o que apresentar à população. Sei dos desafios que temos pela frente e dos obstáculos ainda a vencer. Mas sei também que temos trabalhado para fazer o melhor para você, cidadão aparecidense”, disse o prefeito.

Esta é a primeira vez que Gustavo volta à Brasília depois que fez verdadeiro périplo pelo Congresso Nacional em março último, ao lado de 19 dos 25 vereadores da Câmara Municipal – época em que se encontrou com 11 deputados federais e dois senadores de Goiás.

Ele articulava, junto aos parlamentares, a liberação de emendas com recursos do governo federal para Aparecida. Ainda participou, naqueles dias, de audiências nos ministérios de Turismo, Esportes e Ciência, Tecnologia e Inovação. Ao todo, neste primeiro trimestre, o prefeito esteve por sete vezes na Capital Federal defendendo, em ministérios e em outros órgãos, projetos relevantes para a cidade que administra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here