Compartilhar

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atualizado até o último dia 25 de agosto, em Aparecida, a cada cinco pessoas testadas com o RT-PCR para diagnóstico da Covid-19, em média, uma foi diagnosticada com a doença. A pasta ressalta que a taxa de 20,11% não permite que a sociedade se descuide das medidas preventivas, mas aponta cenário estável e maior controle da disseminação viral graças às estratégias adotadas na cidade desde o início da pandemia, como testagem em massa, ampliação dos leitos de enfermaria e UTI, escalonamento do comércio, rastreamento e monitoramento dos casos positivos e seus contactantes, além do avanço na vacinação.
“Completamos um ano de testagem em massa no último 22 de abril seguindo a estratégia da Organização Mundial de Saúde [OMS] de ‘testar, monitorar e cuidar’. A ampla testagem nos permite conhecer a realidade local da pandemia e assim ter ações mais acertadas de enfrentamento. Com acesso ao exame e ao diagnóstico precoce, isolamos e monitoramos o doente, rastreamos seus contatos e tratamos os casos positivos com eficiência, acompanhando a evolução via Telemedicina, combo de exames a cada 48h, tomografia e oxímetros. Se for necessário, oferecemos centenas de leitos hospitalares. Tudo isso, junto com a vacinação, salva vidas”, informa o prefeito Gustavo Mendanha.
O gestor lembra que, no primeiro mês do enfrentamento à pandemia em Goiás, março de 2020, a Saúde Estadual (SES) ofertava apenas 15 testes RT-PCR semanais no Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros, o Lacen, unidade responsável por atender a todas as cidades goianas: “Na época, determinei que aumentássemos essa testagem porque era insuficiente diante de uma pandemia, e então contratamos um laboratório privado local e passamos a fazer 300 exames diariamente e hoje temos capacidade para realizar até 2 mil RT-PCR’s por dia”.
Redução significativa
“Há um ano, a cada três testados em Aparecida, um era diagnosticado com a doença. Então há uma redução importante. Atualmente, já realizamos mais de 367 mil testes RT-PCR padrão ouro internacional e temos cerca de 810 casos ativos hospitalizados ou monitorados pela SMS com telemedicina, oxímetros e exames”, afirma o secretário de Saúde, Alessandro Magalhães.
Alerta permanente
Mesmo satisfeito com o dado positivo, o gestor alerta que “a pandemia continua, há variantes altamente transmissíveis circulando no País e medidas como o uso correto das máscaras, a higiene das mãos e o distanciamento social precisam continuar. E mais: quem estiver na hora de receber a primeira ou a segunda dose da vacina deve fazê-lo rapidamente para proteger a si mesmo e à toda a sociedade”.
Ainda sobre o mês de agosto, o secretário anuncia que, até o dia 25, foram feitos 19.910 testes RT-PCR com 4.004 positivos para Covid-19. Ao considerar o total de testes feitos até hoje, mais de 367 mil, o secretário destaca que o número corresponde a 622 testes para cada mil habitantes. “Mais de 60% da população de Aparecida já foi testada ao menos uma vez”, completa.
Como testar
O superintendente de Atenção à Saúde da SMS, Gustavo Assunção, explica que quem apresentar sintomas ou tiver tido contato com pessoas diagnosticadas com a Covid-19 pode solicitar o agendamento do teste pelo aplicativo Saúde Aparecida após cadastro pessoal com CPF e Cartão SUS local. O acesso à plataforma também pode ser feito pelo site da Prefeitura de Aparecida (aparecida.go.gov.br).
Na página inicial da ferramenta, ao clicar a opção “Agendamento teste de Covid-19”, o usuário preenche um questionário sobre os sintomas que tem apresentado e o sistema faz o agendamento para algum dos locais de testagem ou recomenda que o paciente procure uma unidade de Saúde, conforme sua situação clínica. Além disso, o agendamento também pode ser feito pelo telefone 0800-646-1590.
Onde testar
Em Aparecida, o exame RT-PCR é realizado em dois postos de drive-thru (Cidade Administrativa e Hospital Garavelo) e em oito Unidades Básicas de Saúde (UBS’s Alto Paraíso, Chácara São Pedro, Garavelo, Independência Mansões, Expansul, Tiradentes, Buriti Sereno e Pontal Sul). Em todos os locais o teste só é realizado mediante agendamento prévio. Nas UBS’s também é possível fazer mediante encaminhamento médico. Já nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e hospitais da cidade, o teste é feito em pacientes internados.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here