Compartilhar

Uma operação da Polícia Militar (PM) realizada ontem, 13, em Goiânia, resultou na recuperação de um veículo roubado e desarticulou uma quadrilha especializada na fabricação de dinheiro falso. Ao todo, um menor de idade foi apreendido e cinco pessoas acabaram presas.

Na primeira ocasião, uma equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) abordou um adolescente na Vila Regina, na capital, em atitude suspeita e com ele, os policiais encontraram um revólver calibre 38 e uma chave de um veículo Fiat Pálio.

O menor informou à corporação que o veículo havia sido roubado e estava na rua Penido Burnier, no Bairro Parque Industrial Paulista, também na capital. Ao se deslocarem até o local, a equipe encontrou o carro de placa OGH 9071 e confirmou que o veículo havia sido roubado na quarta-feira, 12.

O rapaz confessou ter sido o autor do roubo e posteriormente foi reconhecido pela vítima. Ele, a arma e o veículo foram apreendidos e levados para a Central de Flagrantes.

MOEDA FALSA

A segunda ação ocorreu durante patrulhamento da Rotam no Parque Flamboyant, em Goiânia. Na ocasião, um rapaz de 28 anos, identificado como Jhonnatan Fonseca Ferreira, acabou preso após apresentar um documento de identidade falso e portar R$ 3 mil em notas de R$ 100 falsas.

Após a abordagem, a corporação seguiu para o apartamento do suspeito e encontrou Edson de Assis Soeiro Arouxa. Ele confessou que era responsável pela fabricação da moeda falsa e com ele, os policiais encontraram mais duas notas de R$ 100 falsificadas.

No apartamento foram apreendidas máquinas para a fabricação do dinheiro falso, máquinas de cartões de crédito, cartões clonados, além de comprovantes de compras ilícitas. No carro de Edson foram encontrados mais R$ 3 mil em notas de R$ 100 falsificadas.

Em sequência, Jhonnatan informou aos policiais que comprou o dinheiro falso de Edson e pretendia revende-lo para um homem que estaria estacionado em um posto de combustível da região. A equipe foi ao local indicado e avistou uma caminhonete e nela foram abordados Bruno Barbosa da Silva de 29 anos e Bruno Vieira Lima de 24.

Com os rapazes foram encontradas outras cinco notas de R$ 100 falsas e a dupla confessou que vendia passagens aéreas adquiridas com cartões clonados e fazia o repasse da moeda falsa.

Jhonnatan ainda informou aos policiais que tinha outra residência na Rua T-14, no Setor Bueno em Goiânia. Lá, foi encontrado Claudio Roberto de Oliveira Seabra de 45 anos, que também apresentou documentos falsos durante a abordagem. No local, foi apreendida uma impressora, papéis moeda e mais R$ 40 mil em notas falsificadas, todas de R$ 100.

Todos os envolvidos e os itens apreendidos foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal, onde o caso será apurado. Os cinco homens detidos serão indiciados por associação criminosa, falsificação de documentos, adulteração e fabricação de moeda falsa.

NAVEGUE PELAS FOTOS CLICLANDO SOBRE ELAS!

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here