Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia será referência em atendimentos, internações e cirurgias
Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB) anunciou que o Ministério da Saúde liberou nesta segunda-feira, 10, a primeira parcela no valor de R$ 9 milhões para a compra dos equipamentos da primeira etapa do Hospital Municipal. A previsão do Ministério é liberar o restante do montante até dia 31 de julho para acelerar o processo de entrada em funcionamento. O valor total do recurso é de aproximadamente 18 milhões, que foi anunciado pelo ministro da Saúde Ricardo Barros durante visita ao Hospital, no dia 25 de junho.
Segundo o secretário de Saúde do município Edgar Tolini, o Hospital Municipal entrará em funcionamento em etapas. “Na primeira estão previstos 70 leitos clínicos, a ala de diagnóstico, parte do centro cirúrgico, 20 UTIs adulto, parte administrativa, lavanderia, Central de Material Esterilizado, cozinha e pronto socorro que tem 10 leitos”, ressaltou o secretário.
Hospital Municipal
O Hospital Municipal possui 21 mil metros quadrados, sendo seis blocos, que incluem pediatria, geriatria, dois para clínica médica e dois para pós-cirurgia. O HMAP abriga ainda 220 leitos, sendo 90 leitos clínicos, 60 leitos cirúrgicos, 20 leitos pediátricos, 30 leitos de UTIs, 10 leitos de recuperação anestésica e 10 leitos de reanimação e observação. A unidade fica na Avenida V-5, áreas 01 a 04, no setor Cidade Vera Cruz. A obra foi orçada em cerca de R$ 64 milhões.
A unidade também possuirá área de pronto-atendimento; atendimento de urgência e área de apoio terapêutico, ambulatório, apoio diagnóstico, raio-x, eletrocardiografia, ultrassonografia, endoscopia, tomografia computadorizada, laboratório, apoio técnico e administrativo, apoio logístico, farmácia, serviço de nutrição e dietética, lactário, internação geral (adulta e pediátrica), e centro cirúrgico com 10 salas.
Rede completa de atenção às urgências
Com uma população de aproximadamente 550 mil habitantes, Aparecida tem mesmo motivos para comemorar. O Hospital Municipal veio para tornar a rede de saúde pública da cidade autossuficiente.
O município conta atualmente com três Unidades de Pronto Atendimento 24 horas, nos setores Brasicon, Buriti Sereno e Parque Flamboyant. As UPAs tem capacidade para até 500 atendimentos por dia. As unidades são porte III, ou seja, possuem uma abrangência de 200 a 300 mil habitantes. Com as três UPAS em funcionamento pleno, Aparecida tem uma cobertura de mais de 100% na rede de atenção às urgências. Os Cais Nova Era e Colina Azul também dão suporte no atendimento de urgência e emergência da cidade.
A população aparecidense conta ainda com 34 Unidades Básicas de Saúde, quatro unidades ambulatoriais, um Centro de Especialidades em construção e uma rede completa de saúde mental, com quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Unidade de Acolhimento Infantil e Consultório na Rua.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here