Hélmiton Prateado

A coordenação do Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (Sciras) do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) promoveu nesses dias 18 e 19 palestras de integração com servidores do hospital para dar maior integração ao serviço de controle de infecção hospitalar. A atividade faz parte de uma estratégia para tornar a unidade uma ilha de excelência no controle de microorganismos que provocam infecção, principalmente em ambiente hospitalar.

De acordo com a enfermeira Hellen Kássia Rezende, que proferiu uma das palestras, o objetivo é integrar o máximo de servidores do HMAP e fazer um treinamento de biosegurança. “Vamos integrar todos os colaboradores nesse treinamento e vamos abordar temas como prevenção de infecção, precaução e isolamenot e a importância de uso dos equipamentos de proteção individual, além de assuntos mais abrangentes como gerenciamento de resíduos de saúde e acidentes com material biológico”, explicou.
Além da segurança dos profissionais que atuam nas linhas de frente do HMAP os palestrantes abordaram também medidas de controle e segurança para pacientes e acompanhantes. “Tudo visa dar segurança e qualidade de trabalho e de vida para todos os envolvidos”, comentou a enfermeira.


Um controle de infecções significa ganhos em escala para todas as pessoas envolvidas – profissionais da saúde, pacientes e comunidade em geral – além de significar otimização de gastos em virtude da redução de antibióticos caros e outros serviços associados a esse controle.


Hellem Kássia explica que o HMAP é um hospital novo que está investindo alto em treinamento e capacitação de seus servidores e que os índices de infecção registrados o colocam na dianteira da classificação de hospitais no Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here