Membros eleitos da CIPA fo HMAP foram empossados para mandato de um ano
Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

A diretora-geral do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia, HMAP, Lázara Mundin deu posse na tarde dessa sexta-feira aos integrantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), serviço exigido por lei para garantia de segurança dos trabalhadores. Os 16 membros da CIPA terão mandato de um ano e serão os responsáveis por apontamentos de segurança e bem estar dos colaboradores na unidade.

“Essa comissão irá garantir que no hospital tenhamos um trabalho preventivo para minimizar riscos de acidentes. São colaboradores distribuídos em diversos setores e horários diferentes do hospital que vão monitorar possíveis situações de risco e evitar que isso se transforme em um potencial acidente”, explicou a diretora.

A legislação trabalhista exige essa CIPA em empresas ou estabelecimentos acima de um número definido de trabalhadores. Em um ambiente hospitalar isso é ainda mais observado em virtude dos vários fatores de risco de acidentes e de insalubridade. Mesmo o HMAP sendo um hospital classificado como nível de excelência em controle de situações de possibilidade de infecção.

Para Lázara o fator mais importante envolvendo os integrantes da CIPA será a conscientização junto aos demais colaboradores para não se exporem a riscos. “Muitas vezes os trabalhadores se envolvem em situações de risco como postura errada durante a atividade laboral, não uso ou uso errado de equipamentos de proteção individual. Em resumo, o importante é o cumprimento das normas de segurança no trabalho”, frisou.

Segurança

Marcilene Ribeiro, Técnica em Segurança do Trabalho do HMAP

A técnica em segurança do trabalho do HMAP, Marcilene Ribeiro Rodrigues, explicou que o objetivo dos integrantes da CIPA que foram eleitos pelos próprios trabalhadores é a garantia de segurança para os próprios colaboradores. “No serviço de segurança no trabalho nossa função é capacitar os cipeiros conforma norma regulamentadora. Vamos atuar em conjunto com a CIPA dando subsídios e orientando as ações para prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. O mais importante é a conscientização dos colaboradores para evitar riscos e doenças na atividade profissional”, finaliza.

Compartilhar