Raquel Barbosa diz que em hospitais particulares não foi bem tratada como foi no Hutrin

Por Hélmiton Prateado

As mulheres de Trindade e região que são levadas para o Hospital de Urgências de Trindade para partos cesáreos se referem à unidade como referência. Atendimento humanizado, facilidade de acessos e exames e cuidados individualizados durante os dias de internação são as principais citações elogiosas que o hospital e seus profissionais recebem de pacientes e acompanhantes.


Mariana Oliveira da Silva, 21, trabalha como crediarista em Trindade e foi encaminhada para fazer a parte final do pré-natal no Hutrin. Mãe da pequena Alice ela conta que foi muito bem tratada desde a fase preparatória até o parto e a internação após ter sua filha. “Fiquei muito satisfeita com a forma com que me trataram aqui e à minha filha e só tenho a agradecer”, resumiu.


Outra mãe que demonstrou agradecimento pela forma com que foi acolhida no Hutrin foi a vendedora Jacqueline Cristina dos Santos Silva, 19, que lembra ter sido muito bem cuidada no hospital. “Eu e meu filho fomos muito bem atendidos. As enfermeiras tiveram muito cuidado com a gente e os médicos também são muito humanos e atenciosos. Eu super-recomendo procurarem o Hutrin para fazerem seus partos”.
Raquel Barbosa Silva deu à luz seu terceiro filho no Hutrin depois de passar por outros dois hospitais particulares. “Foi tudo ótimo. O tratamento é melhor do que em hospital particular e eu já passe por dois e posso garantir que não tive o mesmo tratamento que eu tive aqui”, frisou.
A Secretaria Estadual de Saúde reformulou a plataforma hospitalar do Hutrin para que seja uma referência em ginecologia e obstetrícia. Para o segundo semestre essa formatação já deverá ser colocada em prática com a mudança em internações e cirurgias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here