Compartilhar

“A vida da minha esposa foi salva no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP)”. Emocionado e com essas palavras foi o reencontro de Abiran Xavier com Cleuza Rodrigues de Oliveira Xavier, 41 anos, na recepção da unidade de saúde. Ela e mais quatro pacientes tiveram alta na tarde desta quinta-feira, 13, após vencerem a Covid-19.
Antes de deixarem o hospital, os pacientes foram aplaudidos pelos profissionais da unidade de saúde, ação simboliza vitória contra o vírus. Cleuza foi recepcionada com balões e cartazes pela família. “Mãe essa doença pode ser uma grande inimiga, mas ela não é maior que sua coragem e determinação”.
Cleuza chegou a ser internada em Goiânia, mas foi transferida para o HMAP e deu entrada na unidade no dia 09 de maio com o diagnóstico positivo para a doença. Ela precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas respondeu bem ao tratamento e foi para a enfermaria.
O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) é referência no tratamento da Covid-19 em Goiás. A unidade possui 249 leitos hospitalares exclusivos para tratamento do novo coronavírus. São 160 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) que estão dispostas em salas que atendem protocolos de isolamento e 89 leitos de enfermaria com pontos de oxigênio, localizados em uma ala isolada das demais.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here