Participação popular consolida mais uma etapa do Mutirão

Por Hélmiton Prateado

A quinta edição do Mutirão da Prefeitura, dessa vez realizado na região Sudoeste de Goiânia, na divisa dos setores Novo Horizonte e Vila Boa, no último fim de semana; sábado, 12, e domingo, 13; foi encerrado com mais um recorde de público. Durante os dois dias de prestação de serviços municipais, milhares de pessoas passaram pelos estandes da prefeitura. “Fico muito feliz e realizado com todos os resultados de mais esta edição do Mutirão”, comentou o prefeito, se referindo ao sucesso dos dois dias do evento.
O resgate desse modelo de prestação de serviços, idealizado pelo próprio prefeito Iris Rezende ainda na década de 60, tem o objetivo de aproximar a administração pública da população e tornar ainda mais efetivo o atendimento das demandas de comunidades inteiras. Iniciados em junho de 2017, os mutirões tem se revelado uma bem sucedida maneira de levar os serviços públicos aos cidadãos, que ainda podem usufruir de uma verdadeira festa cívica e de solidariedade. “Tudo que já alcançamos até aqui é prova de que estávamos certos em trazer à administração para perto do povo. Essa proximidade nos permite atender com maior rapidez e eficiência as demandas da nossa gente, de forma que todas as regiões da cidade estão sendo atendidas nas suas necessidades”, frisou o prefeito durante coletiva na abertura do Mutirão da região Sudoeste.
Bem elaborado, o Mutirão da Prefeitura está consolidado junto à população de Goiânia como uma forma inclusiva de prestação de serviços. A aprovação do público ao modelo criado pelo prefeito Iris Rezende é unanimidade e a participação popular é o grande diferencial. “No mutirão, o povo participa, opina, sugere, de forma que podemos melhorar o atendimento às demandas da população fazendo aquilo que a própria comunidade deseja”, explica o prefeito, citando como exemplo a construção de uma praça no Parque Anhanguera, obra sugerida pela população.
Além da prestação de serviços nos estandes, a prefeitura realiza durante toda semana que antecede o ponto alto do Mutirão uma gama de serviços de infraestrutura e limpeza. Logo no início da semana, equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) e a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) colocam suas equipes nas ruas dos bairros atendidos pelo Mutirão e desenvolvem uma série de serviços como reforma de prédios públicos, pavimentação asfáltica, roçagem e limpeza. A concentração da frente de serviços numa determinada região permite mais atendimentos com menor custo, principalmente de deslocamento das equipes. De acordo com o prefeito, os mutirões devem continuar até novembro, devendo ser interrompidos no período chuvoso e retomados no próximo ano.
Políticos prestigiam evento
Além de dezenas de lideranças locais, o mutirão também reuniu importantes lideranças regionais e nacionais no Setor Novo Horizonte. O deputado federal Daniel Vilela (PMDB) acompanhou o chefe do Executivo no local. Os deputados estaduais Lívio Luciano (PMDB), Wagner Siqueira (PMDB), Virmondes Cruvinel (PPS) e vereadores de vários partidos, inclusive da oposição ao prefeito Iris Rezende (PMDB).
Participaram das atividades os vereadores Welington Peixoto, Kleybe Morais, Juarez Lopes, Clécio Alves, Jair Diamantino, Felisberto Tavares, Anderson Sales, Anselmo Pereira, Gustavo Cruvinel, Paulo Magalhaes e vereadora Leia Klebia. Os vereadores Emilson Pereira, Rogério Cruz, Tiãozinho Porto e Vinícius Cirqueira também acompanharam a comitiva dos parlamentares. Durante os dias de Mutirão, a população teve acesso a atendimentos e orientações nas áreas de saúde, educação, direitos humanos, beleza, jurídicos, meio ambiente, assistência social e emissão de documentos, além das atividades culturais e os trabalhos realizados nos bairros da região nas áreas de urbanização e infraestrutura. Nas quatro edições anteriores, a frente de serviços fez, em média, 50 mil atendimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here