População participou ativamente das ações integradas
Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

Quem passou pela UBS do Jardim Tiradentes na manhã deste sábado, 27, não pôde deixar de observar a animação dos moradores da região que prestigiavam uma ação do Outubro Rosa, organizada pela Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia. Dezenas de mulheres participaram do evento sobre a importância da prevenção e diagnóstico do câncer de mama. A iniciativa contou com café-da-manhã saudável, consultas com médico e enfermeiro, orientações de profissionais da saúde, vacinação, aula de zumba e realização de testes rápidos para identificação de Infecções Sexualmente Transmissíveis. As atividades foram gratuitas e abertas ao público.
A chefe de Ciclo de Vidas da SMS e organizadora do evento, Amanda Faria, ficou bastante satisfeita com envolvimento da comunidade. “A principal forma de prevenção do câncer de mama é o desenvolvimento de hábitos saudáveis, como por exemplo, manter uma dieta equilibrada e praticar exercícios físicos. Além disso, o diagnóstico precoce da doença quase sempre leva à cura. O que buscamos fazer hoje, neste evento, foi justamente sensibilizar a população para esses quesitos: vida saudável, informação, autoconhecimento e assistência médica”, explicou.
O diretor de Gestão à Atenção Primária da SMS, Gustavo Amoury, destacou a importância de ocupar as unidades de saúde do município com ações que visem não só ao tratamento de doenças, mas que estimulem a prevenção e promovam a saúde amplamente. “Nesta região já funcionam muitos grupos de atividade física e nada melhor do que trazer essas pessoas e esse movimento todo para a UBS, principalmente, em um sábado, quando a população tem mais tempo para investir em sua qualidade de vida”, afirmou.
A moradora do setor Colonial Sul, Maria das Dores Ponce, é uma das praticantes de atividade física assídua da região, que aproveitou a manhã para realizar testes rápidos de identificação de Infecções Sexualmente Transmissíveis, consultar com clínico geral e, claro, participar da aula de zumba. “Há dois anos frequento um grupo de dança aqui da região que mudou minha vida. Fiquei sabendo dessa ação e na hora me animei para vir participar, dançar e receber atendimento, afinal, prevenir é melhor do que remediar”, defendeu.
A moradora do Jardim Tiradentes, Valquíria Fernandes dos Reis, também procurou a UBS para acessar o atendimento médico oferecido durante o evento e elogiou a iniciativa: “Eu morava em São Paulo e há cinco anos não passava por uma consulta médica. Mas, sempre estava preocupada, afinal o câncer de mama é uma doença muito popular entre as mulheres, e às vezes sinto dores nessa região do corpo. Hoje, consegui tirar minhas dúvidas, fui bem atendida e agora vou em casa para colocar um tênis e participar da aula de zumba”.
Doença Falciforme
Além do combate ao câncer de mama, o evento contou também com o trabalho da Associação de Anemia Falciforme Karoliny Vitória, em referência ao Dia Nacional de Luta pelos Direitos das pessoas com Doença Falciforme, comemorado no dia 27 de outubro. Na ocasião, representantes da entidade conversaram com os pacientes do local sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce da doença. O médico hematologista, Ferdinando César, também realizou uma palestra sobre o tema.
A Falciforme é uma doença crônica que atinge, todos os anos, mais de três mil brasileiros. Ela causa mutações dos glóbulos vermelhos, que assumem formato de foice em determinadas situações e morrem prematuramente, provocando obstrução do fluxo sanguíneo, crises intensas de dor e outros problemas.27

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here