Compartilhar

O esforço para tratar pacientes é reconhecido por quem recebe alta, ou por familiares de quem está em terapia. No Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), áudios encaminhados por aplicativos de mensagens instantâneas renovam a vontade de cumprir a missão do ‘cuidar’.
“O carinho que você teve tanto comigo, quanto com meus familiares, e queria agradecer não só pelo que a senhora fez, mas também toda equipe médica do Hugo”, disse um áudio de um dos pacientes que recebeu alta médica depois de tratar de Covid-19. O paciente é um dos que recebem alta diariamente. “Vidas precisam de vocês, e eu tenho certeza que essas vidas estarão em boas mãos”, disse.
Uma esposa de paciente não mediu esforços para conseguir agradecer à equipe. A gratidão dela, em forma de áudio, foi encaminhada para o departamento de Relacionamento e Ouvidoria do Hugo. “Além do agradecimento a toda equipe do hospital, esse áudio é para falar sobre anjos que nos assistem, nos atendem e nos entendem como pacientes e como famílias que estão do lado de fora (do hospital) e precisam saber o que acontece com nossos entes lá dentro”, disse.
“Ela teve alta hoje e eu estou mandando esse áudio para agradecer todo o tratamento e tudo o que vocês fizeram pela minha mãe, que entrou com Covid-19 e está de volta para a nossa família”, disse outro áudio de uma filha. “Só tenho como retribuir o que fizeram pela nossa família através de orações, e saibam que estão sendo feitas”, completa.
Esse tipo de retorno renova as energias de quem está na linha de frente. É como avalia a chefe da ouvidoria da unidade, Ariane Leonel. “Nós somos pessoas que temos sentimentos, temos cansaços, e temos as nossas energias sempre renovadas quando algo assim nos chega. Esse tipo de mensagem faz com que o profissional que está na linha de frente possa ter a certeza de que o papel dele interfere positivamente na vida de outras pessoas e de famílias inteiras.”

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here