Compartilhar

A Unidade Móvel de Prevenção ao Câncer de Mama e Colo Uterino baseada na Policlínica de Goianésia esteve durante essa semana na cidade de Porangatu, extremo norte do Estado. Com agendamento prévio feito pelo Complexo Regulador do Estado as pacientes de quatro municípios foram encaminhadas para exames de Papanicolau e mamografia.
Porangatu é a última cidade de Goiás antes da fronteira com Tocantins, e fica distante 410 quilômetros de Goiânia e 245 de Goianésia, base da carreta da prevenção, como ficou conhecida a unidade móvel. Foram agendados atendimentos para mulheres de Poragatu, Novo Planalto, Bonópolis e São Miguel do Araguaia, região com uma demanda de 800 mulheres com necessidade principalmente de mamografia.
O protocolo das Policlínicas é para realização de mamografia em mulheres a partir dos 35 anos e é um dos mais eficazes métodos para prevenção precoce de câncer de mama. O câncer de mama é o tipo de câncer que mais atinge mulheres no Brasil e quanto mais cedo for detectado pode ser curado.
Normalmente são disponibilizadas 150 vagas para realização de exames, sendo 30 por dia e feitos de segunda a sexta-feira nas cidades onde a unidade é levada.
A aposentada Maria das Graças Angele foi da cidade onde mora, Novo Planalto, até Porangatu, que fica distante 51 quilômetros do assentamento rural onde vive, para colocar em dia seus exames preventivos de colo e mamografia. Aos 62 anos e mãe de cinco filhos ela elogia a iniciativa do Governo de Goiás em colocar unidades como essa em roteiros itinerantes pelo estado para realizar exames.
“Um exame como esse trazido até perto de nós é uma facilidade grande pra gente poder se prevenir. É uma coisa muito boa e que que precisa, deve aproveitar”, comenta.
A carreta da prevenção será levada para a cidade de Goianápolis na semana de 29 de março a 2 de abril. Já estão sendo providenciadas inclusões de mulheres pelas secretarias municipais de saúde no complexo regulador.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here