Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

A prefeitura de Anápolis está levando asfalto a bairros e tapando buracos nas vias em uma quantidade que chega próximo a 100.000 toneladas de massa. A pavimentação contemplou todas as regiões da cidade, conforme as demandas de cada local.
Foram mais de 60 bairros atendidos, entre eles os que compõem a grande Vila Jaiara, onde foram aplicadas mais de 1,6 mil toneladas de massa asfáltica na Rua Formosa e nas Avenidas Fernando Costa e Bernardo Sayão. Universitária, Brasil, JK e São Francisco são outros exemplos de vias que receberam asfalto novo, o que aconteceu ainda em bairros como o Jardim das Américas e Calixtolândia, respectivamente nas porções norte e sul da cidade.
Aumentando
Mas, o que já parece muito, vai praticamente dobrar nos próximos meses, quando Polocentro, Jardim Promissão, Anexo Bom Sucesso, Ana Caroline, Monte Sinai, Recanto das Laranjeiras, Jardim Primavera I e II, e Granville, serão beneficiados com mais 25,6 mil toneladas de asfalto, 24 mil metros de galerias de águas pluviais e 90 mil metros de calçadas, em um universo de mais de 100 ruas e avenidas. O investimento ultrapassa os R$ 54,5 milhões.
O trabalho acontece simultaneamente em quase todos esses bairros, embora em estágios e com progressões diferentes. No Polocentro, por exemplo, foi implantado o sistema de drenagem (galerias de águas pluviais), feita limpeza e o rebaixo. A pavimentação – que inclui as etapas de subleito, sub-base e base – está em execução e a expectativa é que tenha início ainda neste mês a colocação da capa, no trecho entre as avenidas Mirage e Brasil.
Tapa-buracos
Além da pavimentação de avenidas e ruas, outro serviço igualmente importante acontece diariamente nos mais diversos pontos de Anápolis. Trata-se do tapa-buraco, que recupera os danos provocados pelas chuvas, pelo tráfego intenso de veículos e pelo desgaste natural do asfalto antigo. Desde o início da administração Roberto Naves, já foram aplicadas quase 40 mil toneladas de massa asfáltica.
“Essa é uma ação contínua que nossas equipes realizam ao longo de todo o ano. Ela se junta aos trabalhos de recomposição – quando parte do asfalto é retirado para implantação do sistema de drenagem e depois recolocado – e de pavimentação, para garantir um piso de qualidade e a segurança para os motoristas”, explica o secretário de Obras, Francisco Lacerda.
Drenagem
O que está visível aos olhos é apenas parte do investimento realizado nos últimos três anos e meio. Negligenciada por outras administrações, a drenagem é obra de perfil estruturante e que merece atenção especial da Prefeitura. Já foram aproximadamente 15 mil metros levados a bairros como Vivian Park, Itamaraty e na grande Jaiara. Apenas nesta última, são 4,8 mil metros de galerias de águas pluviais, cuja implantação pôs fim a um antigo problema de alagamento na principal avenida da região, a Fernando Costa.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here