Compartilhar

A Prefeitura de Anápolis vai intensificar uma campanha de conscientização de motoristas para o respeito à faixa de pedestres. Qual pedestre nunca precisou olhar de um lado para o outro ao atravessar a rua, mesmo na faixa? “Pé na faixa, pé no freio” é a nova campanha de educação de trânsito da Companhia Municipal de Trânsito, Transportes e Serviços Urbanos (CMTT), que começou nesta terça-feira, 15, e visa orientar e conscientizar os motoristas e pedestres sobre o assunto.
Um dos locais escolhidos pela equipe de Educação para o Trânsito da Companhia foi a Avenida Brasil, em frente ao Brasil Park Shopping, com panfletagem e performances com artistas circenses. A campanha continua em outras regiões da cidade na próxima semana.
Dia 21, por exemplo, ações da campanha “Pé na faixa, pé no freio” serão realizadas perto do Colégio Gente Miúda, no Bairro Jundiaí. Já no dia 22, a equipe da CMTT estará próxima à Câmara Municipal de Anápolis, na Avenida Jamel Cecílio e, no dia 24, retorna à Avenida Brasil, próximo ao Centro Administrativo.
De acordo com o presidente da CMTT, Fernando de Almeida Cunha, as ações realizadas pela Companhia buscam a conscientização, reduzir o número de acidentes e garantir mais segurança para condutores e pedestres. “Salientando que este trabalho de educação para o trânsito ocorre de forma contínua durante todo o ano”, explica.
O diretor de Trânsito, Transportes e Educação, Igor Siqueira Lino, complementa dizendo que o objetivo da campanha é garantir a segurança da população, por isso o trabalho é tão importante. “Os motoristas precisam sempre se lembrar da finalidade da faixa ao dar passagem ao pedestre. Dessa forma, o motorista não está apenas exercendo sua cidadania, mas cumprindo uma lei e, com isso, evitando acidentes e salvando vidas. E o pedestre, utilizando corretamente a faixa, está protegendo a si mesmo”, declara.
Atualmente, a multa para o motorista que deixar de dar preferência ao pedestre é de R$ 293,47 e é considerada gravíssima, rendendo ao condutor sete pontos na CNH. O mesmo acontece para quem não deixar o pedestre concluir a travessia, mesmo com sinal verde.
Por outro lado, de acordo com o Artigo 254 do Código de Trânsito Brasileiro, quem comete atos como andar no meio da rua ou atravessar fora da faixa de segurança, passarela ou qualquer outra passagem destinada para quem anda a pé, está sujeito a multa de R$ 44,19.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here