Compartilhar

Por Hélmiton Prateado

Os bailarinos João Vítor Santana, Vítor Augusto Vaz e Ana Luísa Negrão, do ITEGO em Artes Basileu França, Instituto vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (SEDI), recebem ajuda da população para viajar para a Europa e iniciarem a tão sonhada carreira no exterior.
Após participarem de um dos mais importantes festivais internacionais de Dança – o Prix de Lausanne, na Suíça – eles foram contemplados com bolsas de estudo e contrato profissional em Companhias de Dança europeias. João Vítor irá para Hamburgo, na Alemanha, após assinar contrato com a German National Youth Ballet. Vítor Vaz e Ana Luísa viajarão para Londres, na Inglaterra, e terão a oportunidade de continuar seus estudos no The Royal Ballet School.
Entretanto, para esses jovens, realizar o sonho de compor tais Companhias de Dança é um grande desafio. Isso porque os custos das viagens são muito altos.
Com o objetivo de contribuir financeiramente para essa nova etapa da vida dos bailarinos, foi lançada uma campanha de arrecadação de dinheiro, em que a comunidade geral tem se mobilizado e se mostrado bastante solidária. Para a coordenadora de Dança do ITEGO em Artes Basileu França, Simone Malta, essa campanha é de extrema relevância, já que os meninos são de baixa renda. Sem essa ajuda, portanto, não há a possibilidade de realizarem esse sonho. “É muito importante ajudar a Dança, a Cultura e esses jovens a sair da situação que vivem para estudarem e terem uma carreira melhor”, afirma.
No caso do João Vítor, o valor necessário para a viagem já foi arrecadado. Mas, para cobrir as despesas do Vítor Vaz e da Ana Luísa, são necessários, no total, cerca de R$ 36.000,00, sendo R$ 14.000,00 para o visto (válido por 3 anos); R$ 12.660,96 para o seguro saúde obrigatório (também válido por 3 anos), R$ 3.000,00 com alimentação e R$ 6.000,00 com hospedagem, já que eles precisam ficar de quarentena (devido ao risco de contaminação pelo novo coronavírus) ao chegarem no país e pelo fato de a Escola não fornecer um local para a estadia durante esse período.
As doações podem ser feitas por meio de transferência ou depósito bancário na conta da Associação de Pais e Mestres do Basileu França: agência 1394, operação 003, conta 2780-5, Caixa Econômica Federal.
Sobre o Balé do Teatro-Escola
O Balé do Teatro-Escola Basileu França foi fundado em 2007 pela bailarina e professora Simone Malta, sendo dirigido também pela profissional. Consagrado por oferecer a jovens e adolescentes oportunidades para a formação e desenvolvimento profissional na área de Dança, o balé é destaque internacional, sendo solicitado, constantemente, para apresentações em aberturas de festivais no Brasil e em diversos outros países.
Dezenas de bailarinos são formados no ITEGO em Artes Basileu França e ganham destaque nos cenários nacional e internacional. Dessa forma, realizam sonhos por passarem a integrar as mais expressivas Companhias do mundo.
Desde 2012, os balés são produzidos pela Coordenação de Dança do ITEGO em Artes Basileu França. Neste ano, há a perspectiva de que possa haver a produção do 10º Balé de Repertório.
O Balé do Teatro-Escola Basileu França conta com a parceria da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG), que acompanhou a todos os balés de repertório produzidos. Os maestros regentes foram: Eliseu Ferreira, Jânio Matias e Eliel Ferreira.
Sobre o ITEGO em Artes Basileu França
O Instituto Tecnológico de Goiás (ITEGO) em Artes Basileu França, vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Inovação (SEDI), teve origem em 1967, na Escola de Artes Veiga Valle. A instituição possui como missão oferecer capacitação artística, desde o início até a formação superior, nas seguintes áreas: Arte Educação, Arte Inclusão, Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Superior de Tecnologia em Produção Cênica e Teatro. Atualmente, diversos grupos da Escola de Arte são reconhecidos nacional e internacionalmente, como o Balé do Teatro-Escola Basileu França, a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG), dentre outros.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here